Sancionada a lei de autoria da Deputada Claudia Pereira que exige o descarte adequado de filmes radiográficos usados

Por: | Postado em: 10 de agosto de 2016

Sancionada a lei nº 18.824/2016, de autoria da Deputada Claudia Pereira (PSC), que exige o descarte ambientalmente adequado de filmes de radiografia usados.

Infelizmente, muitas pessoas descartam filmes de radiografia usados no meio ambiente, principalmente nas lixeiras domésticas, porque não sabem dos riscos que esse tipo de resíduo representa para a contaminação de solos e águas.

Os filmes radiográficos contêm em sua composição o plástico e a prata, este último um metal considerado pesado e com elevado potencial de risco ambiental. Vale lembrar que o plástico leva mais de 100 anos para se decompor e que a prata, em contato com a água e o solo, pode retornar aos seres e causar sérios danos à saúde.

“Com o objetivo de contribuir para a resolução desse problema, a lei estabelece três normas simples, porém de grande repercussão para a saúde pública e para o meio ambiente”, explicou a Deputada.

De acordo com a Deputada, essas são medidas simples e que contribuirão, de forma significativa, para a saúde pública, qualidade de solos e águas, para a vida e o meio ambiente.

As instituições públicas e privadas, que realizam exames de radiografia, deverão dispor em suas instalações recipientes coletores de filmes radiográficos usados para dar a destinação correta.

IMG_8357 (1)IMG_8354