Audiência Pública referente à Lei Nº 18.563/2015

Por: | Postado em: 31 de março de 2016

LEI Nº 18.563/2015 QUE OBRIGA OS HOSPITAIS A COMUNICAR O NASCIMENTO DE BEBÊS COM SÍNDROME DE DOWN

Na manhã de quarta-feira (30/03), aconteceu, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, a Audiência Pública para debater e estudar qual a melhor forma do poder executivo regulamentar a Lei Nº 18.563/2015.

A lei, que é de autoria da Deputada Claudia Pereira, tem o objetivo de fazer com que os hospitais públicos ou privados, comuniquem o nascimento de criança com Síndrome de Down às instituições, entidades e associações especializadas, para que desta forma, seja criado um elo desde cedo entre a família, a criança e equipe multidisciplinar que dará todo o suporte necessário.

Quanto mais cedo for a estimulação adequada dos bebês com a síndrome, melhor é o seu desenvolvimento ao longo de sua vida, e é por isso que a Lei se tornou tão importante, pois fará com que isso aconteça imediatamente após o nascimento.

Participaram do evento, Presidente da Associação Reviver Down, Marlene Dias Carvalho; o Vereador de Curitiba, Felipe Braga Côrtes; o Presidente da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospital Beneficentes do Paraná (FEMIPA), Flaviano Feu Ventorim; o Presidente da Associação Paranaense de Reabilitação (APR), Edison Luiz Machado de Camargo; a Doutora Nanci Palmieri de Oliveira, médica pediatra da Prefeitura Municipal de Curitiba; o Doutor em Genética, Rui Fernando Pilotto; a psicóloga Maria de Fátima Joaquim Minetto; a Coordenadora do Projeto Nascer Down, India Mara Borba da Silva; representante da Secretaria Estadual de Saúde, Terezinha Steil; demais representantes de entidades, hospitais, mães e pais de crianças com a síndrome de down.
As crianças e jovens com Síndrome de Down, que também participaram, trouxeram alegria, pureza e principalmente a motivação para que juntos possamos seguir em frente!

“Ao final, recebi da India Mara, como forma de agradecimento, a roupinha que sua filha deixou a maternidade, a Maria Fernanda, portadora da Síndrome de Down. Será o símbolo desta caminhada, que também começou pequena, mas assim como a Maria Fernanda, se tornará grande e vitoriosa!!!”

 

IMG_6624IMG_6460IMG_6675IMG_6620IMG_6609IMG_6700IMG_665012928296_960148540721662_4820159174046304811_n